Base rejeita projeto que concederia licença no dia de aniversário dos servidores municipais

Os vereadores da base aliada rejeitaram o Projeto de Lei nº 01/2017 voltado a concessão de licença aos servidores municipais do executivo e do legislativo por ocasião da comemoração dos seus aniversários. As duas comissões compostas pela base aliada do poder executivo deram parecer contrário a matéria, argumentando que uma classe estaria fora do projeto.



Por outro lado, a oposição disse que a matéria estava sendo derrubada apenas porque um parlamentar de oposição havia apresentado a matéria. O vereador autor do projeto Gilson da Funerária (PP) lamentou ao ocorrido. “Eles pensam que estão prejudicando ao vereador Gilson, na verdade, a população está vendo a quem cada um vereador nessa casa serve”, disse o parlamentar.


A favor do projeto, o vereador Celso Oliveira (PSDB) salientou que é o momento da Câmara repensar seus rumos, no que tange aos interesses sociais. “Aqui todos representam ao povo, e por isso acredito que podemos repensar algumas das nossas atitudes”, disse se referindo ao projeto derrubado no plenário.


O vereador Magildo Lima (PP) defendeu o retorno do projeto ao plenário com adequações. Ele disse que jamais seria contra o servidor público. Quem votou a favor da matéria? Vereadora Cláudia Lima (PT) Vereador Fabrício Lima(PSDB) Vereador Celso Oliveira (PSDB) *Vereador Gilson da Funerária (PP), autor da matéria derrubada, pela regra legislativa votaria se empatasse.


Quem votou contra a matéria? Vereador Magildo Lima (PP) Vereadora Irmã Chaginha (PP) Vereadora Idalete Holanda (PSB) Vereador Pastor Uchoa (PSD) Vereador Cleilton Nogueira (PR) Vereador James Queiroz (PR) Vereadora Francisca Macedo (PT).

0 comentário