Vereadores votam crédito suplementar para pagamento do décimo tendo em vista que a gestão passada esgotou o limite de remanejamento

por sny última modificação 15/01/2019 03h09
Os técnicos da Prefeitura explicaram ponto à ponto aos vereadores, tendo em vista que embora o município passe por um momento de instabilidade administrativa, não poderia comprometer os proventos dos servidores.

O Prefeito Judson Costa (PPS) pediu à Câmara Municipal em caráter de urgência anulação orçamentária de várias Secretarias para garantir o pagamento do décimo terceiro dos servidores públicos municipais, haja vista que fora usado o percentual de 20% (vinte por cento) por parte da gestão do Prefeito André Maia. A vereadora Francisca Macedo (PT) foi contra o projeto do executivo que prezando pela legalidade resolveu ouvir os parlamentares.

Imediatamente, o presidente Gilson da Funerária (PP) com a primeira Secretária Cláudia Lima (PT) fizeram contato com os vereadores que se encontram de férias e estes se fizeram presentes, entendendo que a votação, se faz necessária para garantir o pagamento do funcionalismo municipal.

Vereadores presentes: Gilson da Funerária (PP) a favor Magildo Lima (PP) a favor Cláudia Lima (PT) a favor Fabricio Lima (PSDB) a favor Irmã Chaguinha (PP) a favor Idalete Holanda (PSB) em primeiro momento contra, depois a favor Cleilton Nogueira (PR) em um primeiro momento contra, depois a favor James Queiroz (PR) a favor Francisca Macedo (PT) em um primeiro momento contra como membro de comissão impediu a votação. Pastor Uchoa (PSB) a favor Ausente justificado: Celso Oliveira (PSDB) em missão da PRF fora do município

error while rendering plone.comments